quarta-feira, 19 de julho de 2017

Classificados: Scandalli 80 Baixos

Vende-se um Acordeon Italiano Scandalli 80 Baixos. Instrumento foi usado no filme "A Luneta do Tempo". 
Preço Especial: R$3.500
Informações: (81) 9.9874-0746 

segunda-feira, 17 de julho de 2017

Rodovia Dominguinhos

Passou a ter a denominação de “Rodovia Mestre Dominguinhos” o trecho da BR-423 entre São Caetano e Garanhuns. Uma justa e merecida homenagem ao grande compositor, filho de Garanhuns, um dos ícones do nosso forró.

Serra Talhada recebe o “Tributo a Virgolino – A Celebração do Cangaço – 120 Anos de Lampião”

No dia 7 de julho de 1987, nascia no Sítio Passagem das Pedras, zona rural de Serra Talhada, Sertão de Pernambuco, Virgulino Ferreira da Silva, popularmente conhecido como Lampião. Para celebrar os 120 anos do Rei do Cangaço, umas das figuras históricas mais importantes do Nordeste e do Brasil, a Fundação Cultural Cabras de Lampião, entre os dias 26 e 30 de julho, o “Tributo a Virgolino – A Celebração do Cangaço – 120 Anos de Lampião”, com uma extensa programação gratuita - serão 47 atividades culturais, entre filmes, espetáculos teatrais, exposições fotográficas, shows, quadrilhas juninas, poetas, contadores de causos e capoeiristas, entre outras.
Segundo a presidente da Fundação Cultural Cabras de Lampião, Cleonice Maria dos Santos a ideia é ir além do aniversário do célebre cangaceiro. “Esse é o mote para celebrarmos nossa cultura, valorizando o potencial de Serra Talhada, unificando diferentes linguagens artísticas”, afirma. A movimentação cultural acontece na Escola de Referência em Ensino Médio Professor Adauto Carvalho (EREMPAC), no Colégio Municipal Cônego Torres, na área de alimentação da Feira Livre, no Museu do Cangaço e na Estação do Forró (antiga Estação Ferroviária),
Na agenda, estão os grupos Sertão Frevo, As Belas da Vila, Resistência das Ruas e Gilvan Santos, além de Zé de Oliveira e Francinaldo Oliveira, Adênio Mourato no Forró de Todo Mundo, Damião Enésio e Zé Carlos do Pajeú, Rinaldo Aleixo e Zé Bartolomeu, Banda de Pífanos Santo Antonio, Grupo de Xaxado Cabras de Lampião, Bacamarteiros do Pajeú e Marquinhos do Acordeom e o Forró Danado de Bom.
Será exibido também durante todos os dias do evento o espetáculo “O Massacre de Angico – A Morte de Lampião”, sempre às 20h, na Estação do Forró, sob o lema “O Maior Espetáculo ao Ar Livre do Sertão Nordestino”. A expectativa é reunir mais de 50 mil pessoas nos cinco dias da temporada. À frente da encenação, que conta com 50 atores e 70 figurantes, além de 40 profissionais na equipe técnica e administrativa, está o diretor, ator e dramaturgo José Pimentel, que também integra o elenco no papel do cangaceiro Corisco. Antes da peça, será exibido o curta-metragem “Lampião e o Fogo da Serra Grande”, produzido pela Fundação Cultural Cabras de Lampião, que assina o festejo. Haverá ainda a Exposição “Fotografias do Cangaço”, de Paulo Rodrigues, no Museu do Cangaço.

Confira abaixo a programação completa:

ESCOLA EREMPAC
Dia 26.07 – Quarta feira:
10 h - Grupo Sertão Frevo

Dia 27.07 – Quinta feira
10 h- Grupo Samba de Côco As Belas da Vila.

Dia 28.07 – Sexta Feira
10 h – Mistura Pernambucana

COLÉGIO MUNICIPAL CÔNEGO TÔRRES

Dia 26.07 – Quarta feira
10 h: Grupo de Hip Hop Resistência das Ruas

Dia 27.07 – Quinta feira
10 h – Capoeira Muzenza

Dia 28.07 – Sexta Feira
10 h - Grupo Gilvan Santos (Côco, Ciranda e Samba de Côco).

ÁREA DE ALIMENTAÇÃO DA FEIRA LIVRE


Dia 26.07 – Quarta feira
10 h: Damião Enésio e Zé Carlos do Pajeú.
11 h: Apresentação da Quadrilha Estação da Farra.

Dia 27.07 – Quinta feira
10 h: Zé de Oliveira e Francinaldo Oliveira.
11 h: Adênio Mourato no Forró de Todo Mundo.

Dia 28.07 – Sexta Feira
10 h: Rinaldo Aleixo e Zé Bartolomeu.
11 h: Zé de Deus e Sua Cambada.

Dia 29.07 – Sábado
10 h: Cícero de Souza e Antônio José.
11 h: Apresentação da Quadrilha Junina Flor do Sertão.

MUSEU DO CANGAÇO


Dia 26.07 – Quarta feira
10 h: Abertura da Exposição de Fotografias do Cangaço e Exposição de Paulo Rodrigues

Dia 30.07 – Domingo
10 h:  A CELEBRAÇÃO DO CANGAÇO, com Padre Jorge Adjan e Pastor Júnior. Participação:
ü  Banda de Pífanos Santo Antonio.
ü  Bacamarteiros do Pajeú.
ü  Grupo de Xaxado Cabras de Lampião.
ü  Poeta Patrimônio Vivo Dedé Monteiro.
ü  Poeta e Contador de Causos Clênio Sandes.
ü  Marquinhos do Acordeom e o Forró Danado de Bom.

ESTAÇÃO DO FORRÓ

Dia 26.07 – Quarta feira
17 h: Feira de Artesanatos e Livros do Cangaço.
18  h: Humberto Cellus e Produto Nordestino.
Comidas Regionais.
19h30min  – Grupo de Xaxado As Belas da Vila
20 h: Exibição do Curta Metragem -  LAMPIÃO E O FOGO DA SERRA GRANDE.
20h30min: Espetáculo Teatral: O MASSACRE DE ANGICO – A MORTE DE LAMPIÃO.

Dia 27.07 – Quinta feira
17 h: Feira de Artesanatos e Livros do Cangaço.
18h30min: Forró Sambado Ivaldo Nogueira e Kakazinho
19h30min: Grupo de Xaxado Zabelê
20 h: Exibição do Curta Metragem -  LAMPIÃO E O FOGO DA SERRA GRANDE.
20h30min: Espetáculo Teatral: O MASSACRE DE ANGICO – A MORTE DE LAMPIÃO.

Dia 28.07 – Sexta feira
17 h: Feira de Artesanatos e Livros do Cangaço.
18h30min: Eronildes Nogueira e o Forró Original.
19h30min – Grupo Herdeiros do Xaxado
20 hs: Exibição do Curta Metragem -  LAMPIÃO E O FOGO DA SERRA GRANDE.
20h30min: Espetáculo Teatral: O MASSACRE DE ANGICO – A MORTE DE LAMPIÃO.

.Dia 29.07 – Sábado
17 h: Feira de Artesanatos e Livros do Cangaço.
18h30min: Arnor de Lima na Pisada Certa.
19h30min  - Grupo de Xaxado Gilvan Santos
20 h: Exibição do Curta Metragem -  LAMPIÃO E O FOGO DA SERRA GRANDE.
20h30min: Espetáculo Teatral: O MASSACRE DE ANGICO – A MORTE DE LAMPIÃO.
  
Dia 30.07 – Domingo
17 h: Feira de Artesanatos e Livros do Cangaço.
18h30min: Naldinho Carvalho e Tição de fogo.
19h30min:  Grupo de Xaxado Cangaceiros de Vila Bela
20 h: Exibição do Curta Metragem -  LAMPIÃO E O FOGO DA SERRA GRANDE
20h30min: Espetáculo Teatral: O MASSACRE DE ANGICO – A MORTE DE LAMPIÃO.

Casaca de Couro recebe Prêmio Sanfona de Ouro de Melhor Banda de Sergipe

Em uma noite festiva, a CASACA DE COURO recebe o Prêmio Sanfona de Ouro ao lado de grandes nomes da música sergipana que se destacaram nos festejos juninos 2017. O prêmio, idealizado pelo produtor Jorge Lins, é aguardado com muito carinho por todos os artistas sergipanos que fazem o cenário artístico, pelo caráter popular de escolha através do voto via Web.
A CASACA DE COURO recebeu o prêmio, ontem 09, no Zodíaco, das mãos do ator e dançarino César Leite que, participou, na noite de ontem, dançando com a boneca Genoveva a música Feira de Mangaio, Sivuca, também recebendo o Sanfona de Ouro.
O acordeonista e cantor da CASACA, Joaquim Antonio, entregou o SANFONA DE OURO para a cordelista Izabel Nascimento que realiza um trabalho de aglutinar jovens cordelista e organizar os poetas na Academia Sergipana de Cordelistas.
O pesquisador e radialista Paulo Corrêa, foi um dos ganhadores do SANFONA DE OURO pelo reconhecimento popular na condução e produção do programa NAÇÃO NORDESTINA, produzido na FM APERIPÊ todos os domingos a partir das 08h. Os integrantes da CASACA DE COURO citaram a importância de Paulo para a música brasileira e, em especial, para a CASACA DE COURO justamente por ser uma das pessoas que ajudaram a criar o formato e repertório da banda.
O produtor artesanal de licores, Henrique do Licor da Gabriela, também foi um dos brindados com o Sanfona de Ouro, na noite de ontem, pelo resgate cultural, produção artística e produção do “famoso licor da Gabriela”, tão apreciado por sergipanos e turistas.
A noite comemorativa encerrou com Pocket Show da CASACA DE COURO que cantou os sucessos brasileiros do forró pé de serra, onde os integrantes Joaquim Antonio, Lizete Feitosa, Edilson Santos, Marcelo Cruz, Cristiane Anjos e Inha estiveram representando a banda e agradecendo o carinho dos fãs e amigos.

DVD ANDRÉ LINS - FORRÓ DE MERMO